Tradição dos nossos pais índios

O chimarrão ou mate é uma bebida característica da cultura do sul da América do Sul, um hábito legado pelas culturas quíchua, aymará e guarany.

Os índios da tribo guarany, lá pras bandas do Paraguay, tomavam o chá de ervas em copos feito de taquara, assim como a bomba, mais fina e com furos embaixo. Os desbravadores, nômades por natureza, e os soldados espanhóis que andaram por aqui e acolá, nos idos 1500, saudosos do lar e das patroas, tomavam homéricas borracheiras. E observaram que, tomando o estranho chá de ervas utilizado pelos índios, o dia seguinte ficava bem melhor e a ressaca sumia por completo. Deu-se a chamada aculturação.

Tem ainda o causo do primeiro mate. Conta a lenda que os jesuítas, achando que o mate era afrodisíaco, para evitar que os índios passassem a maior parte do dia mateando, criaram o mito entre os silvícolas cristianizados que o diabólico Anhangá Pitã estava dentro do mate. Mas os padres não se deram bem nessa tentativa. O hábito salutar sobrepujou o temor que lhes fora impingido. Por isso, toda vez que o índio ia tomar mate com outros, tomava o primeiro como demonstração que Anhangá Pitã não se encontrava no mate.

Lembrando que o chimarrão tem propriedades desintoxicantes e eficazes numa alimentação rica em carnes.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online
CarlessoFree.com